Logo

Notícias

Home

Notícias

Meteoro cruza o céu de três estados brasileiros, veja o vídeo exclusivo!

Publicada por Thalyta Araújo em 11/04/2022
Tags:

Meteoro em SP, PR e SC

Câmeras do Clima ao Vivo e da Bramon registraram um meteoro que cruzou céu do estado de São Paulo, Paraná e Santa Catarina,  nesta madrugada de segunda-feira (11). Segundo dados obtidos através da triangulação entre as estações BRAMON que registraram o evento, é possível afirmar que a rocha espacial mergulhou na atmosfera em um ângulo de cerca de 62°.

O brilho teve seu início em uma altitude de 83 km sobre o município de Ipiranga/PR e se extinguiu sobre Teixeira Soares/PR a cerca de 38 km de altitude. A velocidade observada foi de cerca de 82.800 Km/h (23 km/s), segundo dados da análise das estações BRAMON SMZ9/SP, WGS1/SP e JJS/SC. Confira abaixo as localizações:


São Paulo

- Pardinho/SP - Willian Schauff 
- Canitar/SP - Luciano Miguel Diniz
- Sorocaba/SP -  Sorocaba Park Hotel
- São Paulo/SP - Sérgio Mazzi (Bramon) - (3 câmeras)

Paraná 

Curitiba/PR - Slaviero Essential Batel
- Telêmaco Borba/PR - Aeroporto Klabin
- Curitiba/PR - Slaviero Essential Shopping
- Curitiba/PR - Rockefeller by Slaviero Hotéis 

Santa Catarina

- Monte Castelo/SC - Jocimar Justino (Bramon)

Timelapse

Confira o  vídeo exclusivo:

CÂMERAS REGISTRAM METEORO

O que é um meteoro?

Confira uma breve explicação do Marcelo Zurita da Bramon: "Asteroides, meteoroides e cometas orbitam o Sol em uma velocidade altíssima, algo entre 40 mil e 266 mil quilômetros por hora. Quando atingem a atmosfera da Terra nessa velocidade, mesmo fragmentos tão pequenos quanto um grão de areia são capazes de aquecer instantaneamente os gases atmosféricos, gerando um fenômeno luminoso chamado de meteoro. Então, o meteoro é apenas o fenômeno luminoso, nada mais. Meteoro não é sólido, não é líquido e nem gasoso, é apenas luz. Popularmente, o meteoro é também chamado de estrela cadente."

De maneira geral, quanto maior o objeto, mais luminoso será o meteoro. E quando sua luminosidade supera o brilho de Vênus, o meteoro é comumente chamado de fireball ou bola de fogo. Algumas vezes, dependendo também da velocidade e do ângulo de entrada, o meteoroide ou asteroide é grande o suficiente para atingir as camadas mais densas da atmosfera. Nesses casos, além de formar uma bola de fogo mais espetacular, o meteoro geralmente termina com um evento explosivo. Esse tipo de meteoro também é chamado de bólido, e popularmente, também é associado ao "sinal dos tempos", "Jesus voltando" e outras profecias apocalípticas.


AO VIVO:

Veja mais de 240 câmeras em todo o Brasil


Veja mais:

Últimas cidades ativadas
Últimos meteoros registrados


Youtube

No nosso canal do Youtube você pode conferir vídeos exclusivos de meteoros, tempestades, pancadas de chuvas, nuvens raras, dentre muitos outros fenômenos e eventos naturais e/ou extremos. Inscreva-se e recebe nosso conteúdo exclusivo. 

Clique aqui e acesse nosso canal


Quer receber conteúdo exclusivo no WhatsApp ou Telegram?

Envie um oi nosso WhatsApp ou Telegram: (37) 99831-0169 ou clique aqui para ser direcionado que vamos te adicionar na nossa Lista de Transmissão para receber conteúdo exclusivo sobre tempo e clima.


Veja AO VIVO através de nossas câmeras como está o tempo em mais de 180 cidades

Câmeras Ao Vivo

© 2022 Clima Ao Vivo.
Todos os direitos reservados. Startup apoiada pela FCJ Participações S.A