Logo

Notícias

Home

Notícias

INVERNO chega hoje, mas o OUTONO já nos preparou para ele!

Publicada por Deborah Auharek em 20/06/2016
Tags:

O Inverno começa hoje, 20 de junho, às 19:34h. A estação é caracterizada com as temperaturas mais baixas se estende de 21 de dezembro a 22 de março, no Hemisfério Norte e de 21 de junho a 23 de setembro no Hemisfério Sul. O inverno que terminou no dia 23 de setembro de 2015, foi considerada como uma estação seca e quente em boa parte do Brasil.

O fenômeno El Niño, que esteve se estabelecendo com fraca intensidade ao longo do inverno, foi o principal responsável pelo inverno “atípico” no Brasil e na região Sudeste e manteve a estação seca e mais quente do que o normal. O Inverno de 2016 não terá influências do fenômeno. Neste ano a nova estação terá temperaturas mais baixas que as do ano passado, mas dentro da média histórica, de acordo com Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC). 

O Centro de Previsão também ressalta que a passagem de frentes frias podem acarretar chuvas localizadas em áreas do Sul e Sudeste do país. Passadas essas frentes frias, a previsão é da entrada de massas de ar frio provocando uma queda de temperatura acompanhadas de geadas no Sul e em áreas de serra do Sudeste do país. Localidades como Campos do Jordão, Sorocaba, Campinas, São Antônio do Pinhal e muitas outras cidades, situadas em lugares altos no Estado de São Paulo, registram valores negativos de temperatura.

Eventualmente esse ar frio pode atingir o oeste da Região Centro-Oeste e sul da Região Norte, caracterizando o episódio da friagem. Já no litoral do Nordeste, é típica a ocorrência de chuvas nesta estação do ano. Nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste, este trimestre é considerado o mais seco do ano, com baixos volumes de precipitação. 

O Inverno será de frio intenso e dias secos, aponta INMET. Outro aspecto meteorológico que podemos observar durante o inverno são os nevoeiros, que consistem na existência de gotículas d’água que flutuam no ar e tem a capacidade de reduzir visibilidade a menos de 1000 metros ao nascer do dia, mas com o passar da manhã acaba se dissipando. 

Além da redução da visibilidade, um outro fator importante é o alto índice da umidade relativa do ar, cujos valores alcançam até 98% no período da manhã, mas geralmente caem no período da tarde, podendo registrar valores até inferiores a 40% em algumas localidades, em especial no Brasil central. O ar fica seco e combinado com o vento favorecem a concentração de poluentes nas camadas mais baixas da troposfera. É a hora das pessoas com problemas respiratórios sofrerem e o resto da população apresentar também dificuldades em conviver com os dias secos e frios da estação.

Não deixe de acompanhar ao vivo essas características e fenômenos em nossas câmeras 24 horas! Clique aqui e fique por dentro das imagens, notícias, registros e muito mais!

Câmeras Ao Vivo

© 2022 Clima Ao Vivo.
Todos os direitos reservados. Startup apoiada pela FCJ Participações S.A