Logo

Notícias

Home

Notícias

Eclipse lunar parcial raríssimo, poderá ser observado em algumas regiões do Brasil nesta sexta-feira. Confira a notícia

Publicada por Thalyta Araújo em 17/11/2021
Tags:

Elipse lunar parcial

Nesta sexta-feira (19), entre a madrugada e o amanhecer, o Brasil poderá apreciar um dos mais belos fenômenos astronômicos, o Eclipse Lunar Parcial.
Dando seu início às 03 horas e 02 minutos (horário de Brasília) e seu momento máximo será às 06 horas e 02 minutos.

Veja quais os locais que poderão contemplar o fenômeno



                                             Figura 1: Regiões no Brasil de visulaização do eclipse lunar parcial de 19/11/21 
                                      Ocaso da Lua antes ou depois do momento màximo do eclipse lunar parcial de 19/11/21

Infelizmente uma parte do Brasil, não poderá observar o máximo do eclipse, devido a lua se pôr antes do momento, já as outras regiões terão o privilégio em observar o ocaso da lua logo em seguida. Ocorrendo quando ela estiver se pondo.

Como observar o fenômeno?

É necessário que o céu esteja sem nuvens, com pouca nebulosidade. Normalmente não é necessário o uso de equipamentos como binóculos ou telescópios, podendo ser apreciado a olho nu, mesmo para quem mora nas grandes cidades com alta luminosidade.

No entanto vale ressaltar que o único critério seja que o horizonte oeste/noroeste esteja livre de prédios, árvores, montanhas ou quaisquer outros objetos que venha obstruir a visão.


Fases do Eclipse Lunar parcial na sexta-feira (19)

Eclipse penumbral


Antes do ponto máximo do fenômeno é necessário a elipse lunar penumbral. Assim no início do eclipse, às 03:02h (horário de Brasília), a lua estará localizada acima do horizonte noroeste.

As cidades com poluição luminosa, não poderão observar o início do eclipse lunar penumbral. Já as cidades com baixa ou nenhuma presença de luminosidade, perceberá o brilho da lua diminuir.

Como saber se o eclipse começou? Mesmo à noite, em luas cheias é possível notar nossa sombra quando não estamos sobre a presença de outras luzes. Assim, quando um eclipse lunar penumbral se inicia, a sobra é imperceptível.

Eclipse parcial

Nesta segunda fase, inicia o eclipse lunar parcial por volta das 04:18h (horário de Brasília), a lua poderá ser vista no horizonte noroeste e oeste.

Atenção: As recomendações já descrita anteriormente, são ainda mais importante agora.
A lua se aproxima cada vez mais ao horizonte e é possível notar o aspecto de corte.  A partir desse instante, a lua caminha para seu ocaso, onde alguns poderão comtemplar e outros não o seu momento máximo, antes e depois do ocaso.

Podemos usar como exemplo a cidade de João Pessoa, onde a lua irá se pôr no horizonte por volta das 04:50h. Chegando ao seu máximo do evento, para a latitude e longitude desta cidade, as 06:02h, não sendo possível comtemplar o pico do eclipse, pois a lua estará abaixo da linha do horizonte.

No entanto, ainda poderá ser observada de uma forma diferente as demais áreas. Como mostra a figura a abaixo.



                                         Figura 2: Ocaso da Lua, em João Pessoa, antes do momento máximo do eclipese. 
                                                              Lua com 42,6% do seu disco imersa na umbra da Terra.


Assim, mesmo que ocorra o ocaso da lua antes do momento máximo, ainda será um belo espetáculo.  As áreas que estiverem destacadas em amarelo, já apresentada na figura 1 acima, o momento máximo poderá ser observado.

Vale ressaltar que, quanto mais distante do limite que separa esses dois grupos de observação, mais longe ela se encontra da linha do horizonte.

Como por exemplo a cidade de Manaus, ilustrada na figura abaixo. Ao atingir seu ponto máximo, percebemos que ela está acima da linha do horizonte no eclipse parcial.


Figura 3: Momento máximo do Eclipse Lunar Parcial em Manaus e a distância da Lua,
em relação a linha do horizonte. Lua com 97,7% do seu disco imersa na umbra da Terra.
                                                                                         

Outros fenômenos no céu?

Sim, objetos celestes e constelações poderão ser observadas. Aglomerados estelares das Plêiades e Híades; das constelações do Touro e do Órion, juntamente com as famosas Três Marias; passagens de satélites artificiais e chuva de meteoros Leonids.

                      Figura 4: Costelação do Touro, Plêiades, Híades e a costelação do Órion com suas populares "Três Marias", 
                                                     poucos minutos antes de iniciar o Eclipese Lunar Parcial de 19/11/21



Caso ainda tenha dúvida sobre o fenômeno e como poderá observar,  assista a live que ocorrerá no dia 19/11/21, no canal do IPRODESC

Com informações do Climatempo

AO VIVO:

Veja mais de 220 câmeras em todo o Brasil


Veja mais:

Últimas cidades ativadas
Últimos meteoros registrados


Youtube

No nosso canal do Youtube você pode conferir vídeos exclusivos de meteoros, tempestades, pancadas de chuvas, nuvens raras, dentre muitos outros fenômenos e eventos naturais e/ou extremos. Inscreva-se e recebe nosso conteúdo exclusivo. 

Clique aqui e acesse nosso canal 


Quer receber conteúdo exclusivo no WhatsApp ou Telegram?

Envie um oi nosso WhatsApp ou Telegram: (37) 99831-0169 ou clique aqui para ser direcionado que vamos te adicionar na nossa Lista de Transmissão para receber conteúdo exclusivo sobre tempo e clima.


Veja AO VIVO através de nossas câmeras como está o tempo em mais de 160 cidades


 

 

Câmeras Ao Vivo

© 2022 Clima Ao Vivo.
Todos os direitos reservados. Startup apoiada pela FCJ Participações S.A